Questionário aos Candidatos às eleições – 2018

ELES NÃO VOTAM MAS VOCÊ SIM !!!

Enviamos aos candidatos à Presidência da República um questionário com as principais dúvidas sobre suas intenções quanto aos animais para garantir, aos eleitores, votos de confiança. Dos 13 concorrentes, apenas dois responderam. Sabia mais: Fórum Animal

      

 

O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal-FNPDA elaborou um questionário para saber o posicionamento dos Candidatos as Eleições de 2018 quanto aos animais. A proposta é garantir, aos eleitores, votos de confiança.
A Hachi Ong como afiliada ao Fórum Nacional -FNPDA encaminhou para candidatos de nossa região e obteve algumas respostas.

Confira abaixo as respostas:”

Respondendo:
Nome: Lauro Bacca – Candidato Deputado Estadual
  1. Há projetos previstos em seu mandato sobre proteção e defesa animal em geral? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, quais?
Resposta: SIM, genericamente consta nos tópicos que pretendo defender no mandato o “combate à caça e à crueldade contra animais silvestres e domésticos”.
  1. Compromete-se a discutir com representantes da defesa animal questões de proteção animal, entendendo que o trabalho realizado é de extrema importância e que deveria ser reconhecido e facilitado pelo Poder Público? (SIM) / (NÃO)
Resposta: SIM.
  1. Entende que deva ser pauta de sua agenda o controle reprodutivo humanitário de cães e gatos? Acompanhado de um sistema de registro e identificação dos animais, promoção da sua saúde, fiscalização e controle do comércio?  (SIM) / (NÃO)
Resposta: SIM.
  1. Tem um plano para desestimular a posse de fauna silvestre, seja de origem ilegal ou legal, coibir o tráfico e auxiliar nos programas de reabilitação e reintrodução de espécies e espécimes nos diferentes biomas do país? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, qual?
Resposta: SIM, embora, pessoalmente, eu defenda que pessoas possam ter direito à posse, ou, pelo menos, serem algo como “fiéis depositários” de xerimbabos, obviamente que sob orientação, controle e supervisão do Estado quanto aos bons tratos aos mesmos. Acho absurdo que se possa possuir animais exóticos, concorrendo ainda mais para o perigo de introdução de espécies exóticas e não se possa ter xerimbabos da fauna nativa.
  1. Possui um plano de trabalho para a área de Educação, com relação à informação/formação das novas gerações, com conceitos humanitários e éticos para o respeito aos animais e ao meio ambiente? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, quais?
SIM, defendo políticas públicas e ações que visem o bem estar e respeito a todos os animais (vide resposta 1) e, obviamente, ao meio ambiente, o que inclui também e necessariamente, a proteção da fauna silvestre contra ataques de animais domésticos, como cães e gatos soltos, condição (soltos) que deveria ser definitivamente não mais permitida nem tolerada, salvo em locais específicos para tal.
  1. Seu mandato contará com uma Comissão de Políticas Públicas em Defesa dos Animais? (SIM) / (NÃO)  – Caso sim, pretende dar continuidade e apoio integral? (SIM) / (NÃO)
Resposta: SIM, no caso de mandato de deputado estadual eu defenderei a instalação dessa comissão.
  1. Pretende, dentro das políticas de merenda escolar, implantar programas que reduzam o consumo de produtos de origem animal como a Campanha Segunda Sem Carne,  produtos da agricultura orgânica e/ou agricultura familiar? (SIM) / (NÃO)
Resposta: SIM, principalmente produtos de origem orgânica e/ou familiar. Quanto à segunda sem carne, defendo uma contundente e eficaz campanha de conscientização pela diminuição do consumo de carne, para o bem tanto da saúde das pessoas como do próprio planeta.

 

NOME: BRUNO H. CUNHA
CARGO: CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL
1.    Há projetos previstos em seu mandato sobre proteção e defesa animal em geral? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, quais?
 Sim. Lei que fixa pena e multa para maus-tratos e abandono de animais. Lei que regulamenta animais domésticos em condomínios proibindo que neguem a permanência de animais domésticos ou coloque uma limitação, seja por raça, porte ou quantidade. Realização do projeto de mutirão de castração que prevê esterilizações gratuitas de animais de rua. Projeto de divulgações de campanhas de adoção de animais. Além da criação de uma Comissão específica de direitos dos animais na Assembleia de Santa Catarina.
2.    Compromete-se a discutir com representantes da defesa animal questões de proteção animal, entendendo que o trabalho realizado é de extrema importância e que deveria ser reconhecido e facilitado pelo Poder Público? (SIM) / (NÃO)
 Sim.
3.    Entende que deva ser pauta de sua agenda o controle reprodutivo humanitário de cães e gatos? Acompanhado de um sistema de registro e identificação dos animais, promoção da sua saúde, fiscalização e controle do comércio? (SIM) / (NÃO)
 Sim.
4.    Tem um plano para desestimular a posse de fauna silvestre, seja de origem ilegal ou legal, coibir o tráfico e auxiliar nos programas de reabilitação e reintrodução de espécies e espécimes nos diferentes biomas do país? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, qual?
 Sim, com a criação da Comissão específica de direitos dos animais, isso possibilitará discutirmos as mais variadas situações, aumentando o nosso poder de fiscalização. E dentro dessa questão fiscalizatória, conseguiremos chegar em assuntos como esse, que envolve a nossa fauna, como a questão do tráfico de animais. Conseguiremos ter acesso a essa realidade de uma forma mais clara. Teremos um trabalho forte e direcionado dentro da Comissão, para que a pauta dos animais das mais variadas, não apenas em relação a animais urbanos, mas também em relação a questões como a caça, a própria pecuária e o tráfico de animais, possamos ter um olhar direcionado.
5.    Possui um plano de trabalho para a área de Educação, com relação à informação/formação das novas gerações, com conceitos humanitários e éticos para o respeito aos animais e ao meio ambiente? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, quais?
 Sim, precisamos avançar nas cartilhas educativas. Essa tem sido já uma luta como vereador na cidade de Blumenau (SC). Precisamos ter uma política direcionada para ações, para intermediarmos e prevenirmos, mas sobretudo trabalharmos com as novas gerações a conscientização pra que a gente evite que os problemas ocorram. Muitas questões que percebemos nas questões dos animais, acerca da posse responsável são mudanças de pensamentos. São entendimentos e pertencimentos que as pessoas precisam criar.
Trabalharemos muito e de forma integrada, tanto em relação a Secretaria de Educação quanto com a Secretaria de Meio Ambiente, para fazer essa estruturação interna dentro dos órgãos públicos e que possamos fazer trabalhos integrados com resultados amplos.
6.    Seu mandato contará com uma Comissão de Políticas Públicas em Defesa dos Animais? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, pretende dar continuidade e apoio integral? (SIM) / (NÃO)
 Sim, e pretendo dar continuidade e apoio integral.
7.    Pretende, dentro das políticas de merenda escolar, implantar programas que reduzam o consumo de produtos de origem animal como a Campanha Segunda Sem Carne, produtos da agricultura orgânica e/ou agricultura familiar? (SIM) / (NÃO)
Sim.
NOME: JORGE CENCI
CARGO: CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL
RESPONDA:
  1. Há projetos previstos em seu mandato sobre proteção e defesa animal em geral?
(SIM) / (NÃO) – RESPOSTA: SIM
Caso sim, quais? 
Eu, Jorge Cenci, candidato a Deputado Federal, 4088, quero promover uma campanha “Santa Catarina Amiga dos Animais”, que incentivará as pessoas a adotarem animais abandonados. Estas pessoas terão uma carteirinha, que dará direito a uma contrapartida de descontos em redes de supermercados, Pet shops, farmácias… Estas parcerias serão possíveis porque uma das minhas bandeiras também é ser a ponte da sociedade com o setores público e o privado.
  1. Compromete-se a discutir com representantes da defesa animal questões de proteção animal, entendendo que o trabalho realizado é de extrema importância e que deveria ser reconhecido e facilitado pelo Poder Público?
(SIM) / (NÃO) – RESPOSTA: SIM
  1. Entende que deva ser pauta de sua agenda o controle reprodutivo humanitário de cães e gatos? Acompanhado de um sistema de registro e identificação dos animais, promoção da sua saúde, fiscalização e controle do comércio?
(SIM) / (NÃO) – RESPOSTA: SIM 
  1. Tem um plano para desestimular a posse de fauna silvestre, seja de origem ilegal ou legal, coibir o tráfico e auxiliar nos programas de reabilitação e reintrodução de espécies e espécimes nos diferentes biomas do país?
 (SIM) / (NÃO) – SIM
Caso sim, qual? 
Eu, Jorge Cenci, candidato a Deputado Federal, 4088, incentivo uma punição maior para os traficantes de animais e pessoas que mantenham animais da fauna silvestre em ambientes inadequados, inclusive a pena deve englobar programas de reeducação ambiental, além dos condenados serem obrigados a prestar serviços em prol da fauna e do meio ambiente.
  1. Possui um plano de trabalho para a área de Educação , com relação à informação/formação das novas gerações, com conceitos humanitários e éticos para o respeito aos animais e ao meio ambiente?
(SIM) / (NÃO) – RESPOSTA: SIM
Caso sim, quais?
Eu, Jorge Cenci, candidato a Deputado Federal, 4088, considero que esta questão de respeito aos animais e ao meio ambiente tem que começar nas escolas. Elejo para o momento uma frase que o meu pai sempre me dizia: Eduque a criança para não punir o adulto. Por isso, penso em levar para o congresso esse tema. Por que não pensar em um programa escolar, no qual as escolas estimulem os estudantes a serem “Agentes de Defesa Animal e do Meio Ambiente”? Promover concursos de desenhos, música, teatro e pesquisas, além de campanhas solidárias sobre o tema. Quanto mais falarmos deste assunto nos ambientes educacionais mais formaremos cidadãos conscientes e prontos para defender a causa.
  1. Seu mandato contará com uma Comissão de Políticas Públicas em Defesa dos Animais ?
(SIM) / (NÃO) – Caso sim, pretende dar continuidade e apoio integral?
RESPOSTA: SIM
  1. Pretende, dentro das políticas de merenda escolar, implantar programas que reduzam o consumo de produtos de origem animal como a Campanha Segunda Sem Carne, produtos da agricultura orgânica e/ou agricultura familiar?
(SIM) / (NÃO) – RESPOSTA: SIM

NOME: Ana Paula Lima
CARGO: Candidata a deputada Federal
RESPONDA:
  1. Há projetos previstos em seu mandato sobre proteção e defesa animal em geral? (SIM)/(NÃO)
Caso sim, quais? RESPOSTA:(SIM)
Tenho vários projetos que apresentei enquanto deputada estadual em SC:
  • Sou autora da lei para garantir a castração de cães e gatos e também sobre posse responsável de animais domésticos em SC (Lei nº 13.918, de 27/12/2006);
  • Sou autora da lei que proíbe as chamadas “puxadas de cavalo” em SC (Lei nº 16.753, de 10/11/2015) ; alterou o Art. 9o da Lei 12.854/2003, Código Estadual de Proteção aos Animais;
  • Sou co-autora da lei que proíbe o aluguel de cães para guarda patrimonial com fins lucrativos em SC (Lei nº 16.863, de 06/01/2016);
  • Sou autora da lei que proíbe a utilização de qualquer espécie de animais em espetáculos circenses em SC (Lei nº 17.081/2017);
  • Sou autora do projeto de lei (PL 001.02/2017) que proíbe a utilização de fogos de artifício sonoros e artefatos similares em todo o território catarinense (Obs: projeto tramita apensado ao PL0265.2/2017), que proíbe a aquisição de fogos de artifício e similares, e repasse de recursos com esta finalidade, por parte da Administração Pública estadual de SC).
Tenho como proposta de campanha a deputada federal por SC:
  • Ampliar a parceria com entidades e ativistas da causa animal;
  • Legislar em favor de políticas públicas de proteção e direitos dos animais, demandados pela causa animal;
  • Junto com o movimento de proteção animal, lutar contra os retrocessos e perdas nas políticas públicas da causa animal;
  • Projeto para tipificar a violência contra animais domésticos como violência doméstica, haja visto que hoje os animais domésticos são considerados como integrantes da família.
  1. Compromete-se a discutir com representantes da defesa animal questões de proteção animal, entendendo que o trabalho realizado é de extrema importância e que deveria ser reconhecido e facilitado pelo Poder Público? (SIM)/(NÃO)  RESPOSTA: SIM
Meu mandato enquanto deputada estadual sempre fez a interlocução com o movimento de proteção animal, a saber:
  • Todas as minhas proposições na causa animal foram demandadas pelo movimento de proteção animal em SC;
  • Em 2010, por minha proposição, a Assembleia Legislativa de SC (Alesc) homenageou Organizações Não Governamentais de Proteção Animal;
  • Promovi, em 2013, em parceria com a Alesc e ONGs de proteção animal, Seminários de Controle de Zoonozes, Educação Humanitária e Defesa dos Direitos dos Animais;
  • Através de minha proposição, Alesc promoveu, em maio de 2018, em parceria com o Ministério Público de SC e entidades de proteção animal, o IX Seminário Catarinense de Controle de Zoonozes, Manejo Populacional de Cães e Gatos e Defesa dos Direitos Animais;
  • Apoei manifestação em Florianópolis, em 2011, de ONGs de proteção animal de várias regiões de SC contra as puxadas de cavalo, farra do boi e outros atos violentos contra animais.
  1. Entende que deva ser pauta de sua agenda o controle reprodutivo humanitário de cães e gatos?
Acompanhado de um sistema de registro e identificação dos animais, promoção da sua saúde, fiscalização e controle do comércio? (SIM)/(NÃO)
RESPOSTA:SIM
Tanto que tenho projeto neste sentido, no meu primeiro mandato como deputada estadual em SC (Lei nº 13.918, de 27/12/2006).
  1. Tem um plano para desestimular a posse de fauna silvestre, seja de origem ilegal ou legal, coibir o tráfico e auxiliar nos programas de reabilitação e reintrodução de espécies e espécimes nos diferentes biomas do país? (SIM)/(NÃO)  Caso sim, qual?
    RESPOSTA:SIM
  • Promover debates com as entidades, através de seminários, audiências públicas, fóruns etc no estado e no Congresso Nacional, sobre as políticas públicas e os retrocessos quanto aos direitos dos animais.
  1. Possui um plano de trabalho para a área de Educação, com relação à informação/formação das novas gerações, com conceitos humanitários e éticos para o respeito aos animais e ao meio ambiente? (SIM) / (NÃO)  – Caso sim, quais? RESPOSTA: ( SIM )
  • Apoiar e ser parceira das ações educativas do movimento de proteção animal junto às escolas;
  • Apoiar e ser parceira nas ações de controle populacional do movimento de proteção animal nas comunidades.
  1. Seu mandato contará com uma Comissão de Políticas Públicas em Defesa dos Animais ? (SIM) /(NÃO) – Caso sim, pretende dar continuidade e apoio integral?
    RESPOSTA:SIM
  2. Pretende, dentro das políticas de merenda escolar, implantar programas que reduzam o consumo de produtos de origem animal como a Campanha Segunda Sem Carne, produtos da agricultura orgânica e/ou agricultura familiar? (SIM) / (NÃO) .
    RESPOSTA:SIM

 

NOME: Décio Lima
CARGO: Governador
RESPONDA:
  1. Há projetos previstos em seu mandato sobre proteção e defesa animal em geral? (SIM) / (NÃO)
Caso sim, quais? RESPOSTA: SIM
  • Criação de pasta específica no governo para elaboração de projetos e políticas de proteção e bem estar animal;
  • Criação do Conselho Estadual de Bem-Estar Animal, dialogando com Conselhos Municipais de Bem-Estar Animal, protetores, ativistas e entidades de proteção animal no estado;
  • Criação de delegacias especializadas para acolhimento de denúncias de maus tratos, com equipe treinada e qualificada (policiais, veterinários, biólogos, assistentes sociais) para verificação e investigação;
  • Parceria com os municípios para projetos de controle populacional, posse responsável, mapeamento dos animais domésticos e de serviço;
  • Regulamentação da legislação – Lei nº 13.918, de 27/12/2006 – que prevê controle populacional de animais domésticos.
  1. Compromete-se a discutir com representantes da defesa animal questões de proteção animal, entendendo que o trabalho realizado é de extrema importância e que deveria ser reconhecido e facilitado pelo Poder Público? (SIM) / (NÃO) RESPOSTA:SIM
  2. Entende que deva ser pauta de sua agenda o controle reprodutivo humanitário de cães e gatos?
Acompanhado de um sistema de registro e identificação dos animais, promoção da sua saúde, fiscalização e controle do comércio? (SIM) / (NÃO) RESPOSTA: SIM
  1. Tem um plano para desestimular a posse de fauna silvestre, seja de origem ilegal ou legal, coibir o tráfico e auxiliar nos programas de reabilitação e reintrodução de espécies e espécimes nos diferentes biomas do país? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, qual? RESPOSTA: SIM
  • Criação de um canal permanente de comunicação com agentes públicos, protetores, ativistas e entidades de proteção animal, via Conselho Estadual de Bem-Estar Animal;
  • Fortalecer os órgãos fiscalizadores já existentes, como CIDASC e POLÍCIA AMBIENTAL;
  • Fazer parcerias com ONGs e projetos de reabilitação de espécies em situação de risco para reintrodução na natureza, quando possível.
  1. Possui um plano de trabalho para a área de Educação, com relação à informação/formação das novas gerações, com conceitos humanitários e éticos para o respeito aos animais e ao meio ambiente? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, quais? RESPOSTA : SIM
  • Introduzir no calendário escolar da rede estadual a Semana da Proteção e Bem Estar Animal (em outubro), com ações interdisciplinares;
  • Estimular as escolas da rede estadual a aderirem à campanha da segunda-feira sem carne.
  1. Seu mandato contará com uma Comissão de Políticas Públicas em Defesa dos Animais ? (SIM) /
(NÃO) – Caso sim, pretende dar continuidade e apoio integral? RESPOSTA:(SIM)
  1. Pretende, dentro das políticas de merenda escolar, implantar programas que reduzam o consumo de produtos de origem animal como a Campanha Segunda Sem Carne, produtos da agricultura orgânica e/ou agricultura familiar? (SIM) / (NÃO).
    RESPOSTA:(SIM)

    Nome: Katia Chubaci
    Candidata a Deputada Estadual
    1- Sim, são eles:  Criação de  centros de Bem – Estar – Animal o estado de Santa Catarina;  Criação de Delegacias Civis especializadas em crime contra animais; Combate aos canis clandestinos no estado entre outros .
    2- Sim com certeza, isto me compete também no cargo de Deputada Estadual, lutando para que os animais sejam reconhecidos como seres sencientes  e não sendo tratados mais como coisas.
    3- Sim, inclusive isto já faz pauta da minha vida como veterinária e ativista da causa a 20 anos, realizando mutirão de castração a preço social em toda Santa Catarina. Combato os canis clandestinos veementemente  e quero poder implementar a saúde única para todos os animais do meu estado.
    4- Sim, apoiando e promovendo os projetos as instituição que já realizam projetos da  fauna e da flora do Brasil.
    5- Sim, inserir a educação ambiental em todas as escolas  com parcerias com ONGs  e órgãos competentes,  formando um elo entre:  ALUNOS – ESCOLAS – NATUREZA.
    6- Sim, em tempo integral, já faço parte inclusive da Comissão de proteção animal da OAB em Santa Catarina. Quero criar um frente parlamentar na Assembleia de Santa Catarina e outra unindo todo o Brasil
    7- Sim,  implantar em toda rede estadual de ensino Santa Catarina a segunda sem carne e hortas comunitárias em escolas e também nas comunidades.

    Nome :Georgia Faust
    Cargo : Candidata Deputada Estadual
    1. Há projetos previstos em seu mandato sobre proteção e defesa animal em geral? (SIM) / (NÃO) –
    Caso sim, quais?
    SIM
     
    * Criar projeto de lei que proíba o transporte de carga viva saindo dos portos de Santa Catarina;
    * Criar projeto de lei que proíba a produção e comercialização de foie gras no estado;
    * Criar e fiscalizar centros de zoonoses com municípios de mais de 20 mil habitantes. Funções de um CCZ: recolher animais abandonados, tratar, castrar, chipar. Deve funcionar como abrigo municipal, hospital veterinário, central de adoção, cuidados aos animais;
    * Criar a Secretaria Estadual do Bem Estar Animal;
    * Propor projeto de lei estadual onde os cardápios dos restaurantes tenham que ter a lista de ingredientes do que é oferecido, para celíacos, intolerantes à lactose, vegetarianos, veganos;
    * Elaborar Projeto para que os mercados tenham gôndolas especiais para produtos adequados à população vegana, vegetariana, intolerante à lactose e celíaca;
    * Elaborar projeto de educação sobre nutrição que inclua que a carne não seja única fonte de proteína – diversidade alimentar;
    * Implantar a Segunda Sem Carne na rede pública estadual e explicar porque – ver projeto vereador de Florianópolis Afrânio Boppré;
    * Exigir merenda escolar que contemple crianças que têm necessidades alimentares especiais nas escolas públicas estaduais;
    * Fiscalizar e monitorar as condições de habitação de animais em zoológicos no estado;
    * Regulamentar, fiscalizar e monitorar canis/gatis de reprodução de animais de raça;
    * Criar projeto de lei que proíba o uso de cães de guarda no estado;
    * Proibir a puxada de cavalos, prática que ainda é permitida em alguns municípios dentro de propriedades privadas;
    * Criar o Fundo Estadual dos Direitos dos Animais, onde pessoas jurídicas que colocarem dinheiro no fundo possam abater do Imposto de Renda;
    * Incentivar os municípios para que criem incentivos fiscais para bem estar animal. Através da concessão de certificados de incentivo fiscal, uma pessoa física ou jurídica poderá investir recursos em projetos e obter dedução fiscal. 
    2. Compromete-se a discutir com representantes da defesa animal questões de proteção animal,
    entendendo que o trabalho realizado é de extrema importância e que deveria ser reconhecido e facilitado
    pelo Poder Público? (SIM) / (NÃO)
    SIM
    3. Entende que deva ser pauta de sua agenda o controle reprodutivo humanitário de cães e gatos?
    Acompanhado de um sistema de registro e identificação dos animais, promoção da sua saúde, fiscalização e
    controle do comércio? (SIM) / (NÃO)
    SIM
    4. Tem um plano para desestimular a posse de fauna silvestre, seja de origem ilegal ou legal, coibir o
    tráfico e auxiliar nos programas de reabilitação e reintrodução de espécies e espécimes nos diferentes
    biomas do país? (SIM) / (NÃO) – Caso sim, qual?
    SIM – via fiscalização e projetos educativos de conscientização
    5. Possui um plano de trabalho para a área de Educação, com relação à informação/formação das
    novas gerações, com conceitos humanitários e éticos para o respeito aos animais e ao meio ambiente? (SIM)
    / (NÃO) – Caso sim, quais?
    SIM – vide propostas acima
    6. Seu mandato contará com uma Comissão de Políticas Públicas em Defesa dos Animais? (SIM) /
    (NÃO) – Caso sim, pretende dar continuidade e apoio integral? (SIM) / (NÃO)
    SIM e SIM
    7. Pretende, dentro das políticas de merenda escolar, implantar programas que reduzam o consumo
    de produtos de origem animal como a Campanha Segunda Sem Carne, produtos da agricultura orgânica e/ou
    agricultura familiar? (SIM) / (NÃO)
    SIM

     

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *