Home > Dicas > Coprofagia: Meu cachorro come fezes, o que fazer?

Coprofagia: Meu cachorro come fezes, o que fazer?

CachorroDeitado

Coprofagia é o hábito que os cães têm de ingerir fezes, que podem ser próprias ou até mesmo de outros animais.

Este hábito deixa o tutor impactado negativamente, pois atualmente os animais são considerados filhos (humanizados) e têm uma vida muito próxima das pessoas, por exemplo: dormem na cama, ficam no sofá, fazem as refeições muitas vezes dentro de casa, causando este hábito muita repugnância.

A fim de solucionarem rapidamente este problema, os veterinários são cobrados pelos tutores a dar explicações e soluções urgentes para este terrível hábito.

O problema é multifatorial, desta forma a solução dependerá do entendimento da situação.

Questões Nutricionais ou Físicas

– Os cães comem fezes muitas vezes por elas serem nutritivas mesmo. É o caso dos cães que vivem em florestas e têm o hábito de comer fezes de eqüinos, bovinos, entre outros.
– Excessos alimentares (dietas muito protéicas) e má digestão podem deixar as fezes mais atrativas nutricionalmente.
– Carências nutricionais (falta de vitaminas) e parasitoses intestinais.
– Deficiência de enzimas pancreáticas.
– Alimentar o animal apenas uma vez ao dia.
– Em filhotes pode estar relacionado com mudanças de flora intestinal.

Eliminados todas estão questões nutricionais e físicas, sobram as emocionais, e elas são responsáveis pela maioria dos quadros de coprofagia:

– Transtornos de comportamento (ansiedade e estresse)
– Cães entediados que manipulam fezes como passatempo, especialmente quando eles vivem em ambientes pequenos e que passeiam pouco.
– Chamar a atenção dos tutores
– Localização errada dos recipientes de água e comida em relação ao local disponibilizado para que o animal faça suas necessidades.
– Cães com temperamento “forte” ou intolerantes a serem contrariados (quando ele quer e não é realizado algo ou quando ele não aceita uma situação). Cães deixados em casa sem companhia por um longo período de tempo acabam por exibir este comportamento, tutores que obrigam os cães a se alimentarem de comida industrializada.

Agora que você conhece alguns dos motivos que podem gerar o hábito em seu cãozinho, procure perceber em qual item ele se enquadra. Converse com o seu veterinário que vai te orientar da melhor maneira, pois o tratamento dependerá da causa ou causas relacionada(s).

Dr. Marcos Fernandes
Veterinário homeopata, psicanalista e mestre em saúde pública pela USP (SP). Comunicador da Rádio Mundial (95,7 FM) no programa Saúde Animal

Fonte: MONAMIGO

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*